sábado, 18 de outubro de 2014

Aécio não me representa nem representará

Ascensão e queda de Aécio

Vejo nos olhos do Aécio o mesmo ódio do Fernando Collor

Vejo no rosto do Aécio a mesma ironia do Fernando Collor

Vejo em Aécio o mesmo cinismo do Fernando Collor

Vejo na postura do Aécio o mesmo descontrole do Fernando Collor

Vejo nos lábios do Aécio o mesmo branco de rancor do Fernando Collor

Vejo no Aécio a mesma fraqueza e tentativa de superioridade do Fernando Collor

Vejo em Aécio o mesmo modo de tergiversar do Fernando Collor

Vejo no Aécio a mesma prepotência do Fernando Collor

Vejo em Aécio a mesma arrogância do Fernando Collor

Vejo no Aécio menininho charmoso e mimado da mamãe assim como via no Fernando Collor

Vejo no Aécio a mesma “falsidade” nas falas, assim como o Fernando Collor

Vejo em Aécio os mesmos vícios de linguagem do Fernando Collor

Vejo no Aécio os mesmos supostos vícios do Fernando Collor

Vejo por trás do Aécio a mesma “força da grana que ergue e destrói coisas belas” (Caetano Veloso) e, por isto mesmo a sua ascensão e queda, assim como a ascensão e queda do Fernando Collor

Por isto e muito mais Aécio não me representa e não representará

Amorim Sangue Novo - Sem medo da verdade

Este artigo foi publicado também em minha pagina no JusBrasil (veja)