sábado, 20 de dezembro de 2014

Prefeitura de Panorama fará combate a escorpiões

Imagem do site Saúde Animal
Infelizmente somente após “chiadeira” da mídia (veja) a administração pública toma decisões que deveriam ser preventivas, mas vale lembrar que a população também deve fazer sua parte, evitando acúmulos de materiais que possam dar abrigo a estes tipos de aracnídeos. e outros, assim como também colaborar com os agentes da sanitária para evitar a proliferação de insetos e aedis egípcios (mosquitos da dengue), abrindo suas residências para inspeção dos agentes e pulverização preventiva.
(Amorim Sangue Novo)

“Arrastão' de combate a escorpiões deve ser realizado em Panorama

Criança de 2 anos morreu após ser picada pelo inseto.

A Secretaria de Saúde de Panorama deve realizar um “arrastão” no Balneário Frederico Platzeck, local onde um menino de 2 anos foi picado por um escorpião na última quarta-feira (17). Ele morava em Junqueirópolis e havia ido passear com a família, mas não resistiu ao ferimento e morreu. De acordo com o responsável, Israel Gumiero, a ação será para tentar localizar outros insetos e evitar que o caso se repita.
A previsão é de que a partir desta segunda-feira (22), uma empresa contratada pela prefeitura iniciará um processo de dedetização, a partir do balneário devido ao grande fluxo de pessoas que utilizam o local. Depois, outros pontos do município serão visitados.
Conforme o secretário, ações de combate e conscientização contra o inseto são feitas durante todo o ano, assim como para evitar outras doenças e vetores. “Nós fazemos esse tipo de trabalho em escolas e residências, até poque em nossa região há muitos escorpiões. Mas, não é apenas esse combate que é feito. Nós também trabalhamos contra a dengue, leishmaniose, campanhas de vacinação, entre outros”, contou.
Devido as chuvas que têm atingido o Oeste Paulista, as intensificações também estão voltadas à dengue, mas assim que concluídas, haverá a realização de um trabalho intensificado contra o inseto. “Estamos passando veneno nos imóveis da cidade, não há como parar com esse processo. Assim que terminarmos, um estudo será feito para a realização do arrastão”, pontuou.
Neste ano, foram notificados 57 casos de picadas de escorpião. Destes, uma morte foi contabilizada, sendo a do menino.
Gumiero alega que os moradores podem evitar o aparecimento de escorpiões nas casas a partir de algumas orientações, já que o animal se alimenta de outros insetos, como baratas, e, por isso, costuma habitar a rede de esgoto.

"É importante manter os ralos fechados, terrenos e quintais limpos, além de evitar rachaduras nos imóveis. Se acaso o escorpião for encontrado, deve-se capturá-lo sem que haja acidentes, com o uso de pinças ou algo grande para evitar o contato. Depois, ele pode ser colocado em um vidro e a Vigilância Epidemiológica deve ser acionada”, concluiu.
Nos casos de picada, a vítima deve procurar imediatamente um Posto de Saúde para que os cuidados necessário.


Do G1 Presidente Prudente