terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Seu Jorge ou São Jorge?

Imagens: Google - Montagem: Amorim Sangue Novo
Com tantas necessidades por estes Brasís afora, pessoas e entidades passando por maus bocados financeiramente e os governantes “distribuindo” o dinheiro do povo para alimentar o ego de artista.
Artistas estes que, em sua grande maioria abre as portas de suas mansões para mostrar a suntuosidade através do que adquiram através de nós, pobres mortais que, infelizmente, por mais que procuremos um governo, seja municipal, estadual ou federal, temos pela frente que ler disparates como os abaixo.

Minha repulsa aos prefeitos que agem desta maneira e, principalmente ao Senhor Eduardo Paes (PMDB), prefeito do Rio de Janeiro, que deveria ser investigado pelo Ministério Público, por assinar contratos onde disponibiliza de valores, a meu ver exorbitantes, que estes artistas estão cobrando.    
  
Setecentos mil para o Seu Jorge, setecentos mil meu “cumpade”, compraria em torno de deis casas populares, beneficiando mais de quarenta pessoas com um lar, ao invés de algumas melodias que o vento irá levar.

Agora o pior... O povão acha bonito isto.
(Amorim Sangue Novo)


Veja quanto ganham os artistas que tocam nas festas de Réveillon pelo Brasil  

Quanto vale o show? Começar o ano trabalhando pode não soar como música para os ouvidos de quem está em mode off, mas por uma boa grana que mal teria? Alguns artistas já vão começar o ano com a conta bancária inflacionada.

Seu Jorge vai entrar em 2015 sorrindo de orelha a orelha com o cachê recorde de R$ 700 mil que a Prefeitura do Rio irá pagar pro astro de Amiga da Minha Mulher e Mina Do Condomínio cantar em Copacabana. Titãs, com R$ 430 mil, e Maria Rita, R$ 210 mil, também estarão no Réveillon carioca. No ano passado, Carlinhos Brown e Lulu Santos levaram, cada um, R$ 550 mil.

Em Salvador, Pablo, fenômeno do arrocha, comprovará sua ascensão no showbizz com um cachê superior a de Daniela Mercury e Carlinhos Brown. Ele irá receber R$ 250 mil, enquanto que as duas estrelas levarão R$ 200 mil, mesmo valor pago a Wesley Safadão.

Em Brasília, MC Gui e a dupla Thaeme & Thiago serão as atrações principais. Os valores, no entanto, são mais modestos. Somados, os cachês de todos os artistas escalados para a festa alcançam R$ 333 mil.


Dono de um dos maiores cachês entre os astros brasileiros, Michel Teló será o principal destaque do Réveillon da avenida Paulista. Art Popular, Strike e os finalistas do programa The Voice, da TV Globo, também estão escalados. Os valores pagos a eles, no entanto, não são divulgados no Diário Oficial, como os outros nomes citados, por serem bancados pela iniciativa privada.


Publicado originalmente no UOL