sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Vídeo flagra médica embriagada atendendo pacientes em Pronto Socorro

Imagem ilustrativa
O vídeo de uma médica pediatra supostamente embriagada na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Piraquara, na Grande Curitiba, viralizou na rede social Facebook. A profissional é filmada atendendo a uma família que levou o filho para ser atendido emergencialmente na noite desta segunda-feira (12). Visivelmente alterada, a médica se atrapalha entre papéis, demora para prescrever a receita e chega a abaixar a cabeça e fechar os olhos sob a mesa do consultório. O pai da criança fez a gravação, que já possui 65 mil visualizações e cerca de 2,8 mil compartilhamentos. A profissional foi demitida horas depois pela Prefeitura de Piraquara.


Pelas imagens, o pai resolve acionar a uma gravação para comprovar que algo estava errado com a médica. O vídeo foi postado no perfil pessoal da mãe do menino, que fez o seguinte desabafo: “Vimos levar nossa filho q tava passando mal aí a médica (…) cuase caio de bêbada (…) não sabia nei o qe tava fazendo n conseguia nei escreve um abisurdo isso nao perguntava nada derruba os papel n chão (sic)”, escreveu na rede social. A médica, no entanto, reportou que não estava embriagada e tinha feito uso de medicamentos fortes. Para a Banda B, a Secretaria de Saúde de Piraquara confirmou que pediu a exoneração da profissional do quadro de médicos que atendem na UPA e que um exame foi solicitado à médica. “A empresa que presta serviço foi notificada, ela fez apenas um plantão, somente, se propôs a fazer um exame para que comprove que ela não estava sob efeito de álcool. De qualquer forma, a prefeitura já instaurou uma sindicância para apurar os fatos, ela já está exonerada, encaminhamos a denúncia para o Conselho Regional de Medicina (CRM), também”, afirmou Maristela Zanella, secretária de saúde do município. O caso chegou até a prefeitura por meio das redes sociais. “Assim que tomamos conhecimento acionamos medidas urgentes. Nós ligamos para a família e vamos ouvi-la hoje à tarde. Nós lamentamos profundamente o que aconteceu, não vamos medir esforços para apurar todos os fatos e penalizar, se houver, os culpados. Desempenhamos um trabalho com muito esforço para garantir uma assistência de qualidade para a população”, finalizou.

Postar um comentário