terça-feira, 9 de maio de 2017

Brasileiros mais ricos estão abandonando Sérgio Moro, revela pesquisa Datafolha

A ação partidarizada da Operação Lava Jato, e especialmente uma quase obsessão do juiz Sérgio Moro com o PT e Lula, já está ficando amplamente conhecida da sociedade brasileira. Até a população mais rica economicamente já está desembarcando do perigo que representa um judiciário partidarizado. O Lawfare contra Lula já está documentado.


Nas duas últimas pesquisas Datafolha, o instituto colocou Sérgio Moro como um possível candidato à presidência. É uma forma de testar a popularidade do juiz de primeira instância paranaense. E os dados mostraram o que já foi dito aqui há um bom tempo, Sérgio Moro se afunda cada dia mais na parcialidade.

Veja só o que aconteceu com a percepção que a população tem de Sérgio Moro em dezembro de 2016 e agora em maio de 2017. Comparando as duas pesquisas, Lula cresceu de maneira muito forte (de 12% para 21%) entre os eleitores de maior renda, ao mesmo tempo que Sérgio Moro despencou (de 25% para 11%). Enquanto Lula cresceu nos mais ricos, Moro despencou mais de 50%.
Com isso, Lula lidera isoladamente também entre os eleitores que ganham renda familiar superior a 10 salários. Moro despencou também entre os mais jovens. Ele caiu de 8% para 5%, enquanto Lula subiu de 25% para 30%.
Entre quem possui ensino superior, Sérgio Moro caiu de 18% para 14%, enquanto Lula subiu de 15% para 19%, assumindo a liderança também neste segmento.
Da redação com Carta Capital

Nenhum comentário: