sexta-feira, 30 de junho de 2017

7 aterrorizantes profecias do Papa Francisco para este ano de 2017


Estamos na metade do ano de 2017, mas ainda nos recuperando de tanta coisa que aconteceu em 2016. O ano passado tirou a vida de muitos artistas que todos nós conhecemos e amamos, trouxe vários desastres naturais, conflitos armados em muitas partes do mundo e até mesmo mudou o rumo das eleições presidenciais em nosso país, colocando o controle total nas mãos de uma pessoa de estratégias contestáveis e isso tudo, bem ou mal, nos dá uma visão inevitável de fim do mundo.



1. Crise

Desde 2009, muitos países ao redor do mundo estão em um estado de crise econômica assustador. De acordo com as medidas tomadas, a crise foi mais ou menos dolorosa, mas alguns países da Europa, América e Ásia estiveram envolvidos em uma crise econômica nunca vista há décadas. Infelizmente, de acordo com o que o Papa disse, esta tendência vai continuar e se aprofundar mais ainda em 2017 e nos anos seguintes. É possível que o mundo inteiro ainda seja afetado por uma crise econômica catastrófica: a pior da história!

2. Aquecimento Global

Infelizmente, os seres humanos continuam consumindo tudo o que está disponível em nosso planeta, na maioria das vezes, de forma irresponsável. Segundo o Papa Francisco, infelizmente, este comportamento ainda permanecerá por um bom tempo. O aquecimento global não será solucionado nem tão cedo e a temperatura do nosso planeta continuará aumentando. Você sabe qual é o resultado disso tudo? Inúmeros desastres naturais em diferentes partes do mundo. Algumas das profecias do Papa são positivas, enquanto outras são negativas. 

3. México

A situação política e social do México nos últimos tempos está muito delicada, além das influências sofridas pela política de seu vizinho mais importante: os Estados Unidos da América. Sem dúvida, as decisões do novo presidente dos EUA causaram enorme controvérsia também no México. O que o Papa Francisco disse sobre o México é que o país vai ter que continuar lidando com uma grande onda de violência até então desconhecida. Em suas palavras, haverá milhares de vítimas inocentes e até mesmo o céu tingido de vermelho. Assustador!

4. Os governos

Há também boas previsões que podem dar esperança à humanidade. Foi dito que os países da América do Sul, em breve, vão se livrar de governos populistas, levando à liderança governos mais abertos para o desenvolvimento e relacionamento com outros países. Isso irá gerar otimismo entre as pessoas e entre os bancos globais que querem investir em várias áreas do mundo, cujo potencial ainda está para ser descoberto. 

5. Estado Islâmico

Um dos maiores problemas que o mundo tem de enfrentar é especialmente os países da área do Rio Ganges, uma agressão crescente e radicalização que levou à criação do Estado Islâmico. O Estado Islâmico é uma organização que se proclama país no qual domina todos os tipos de crimes contra a humanidade, com a intenção de inundar o mundo de terror e sangue. Infelizmente, o Papa Francisco disse que o Estado islâmico continuará realizando crimes e ataques em todo o mundo, forçando os países ocidentais a reagir de maneira decisiva. Isso é assustador, mas pode acabar provocando a Terceira Guerra Mundial.

6. Donald Trump

A eleição do bilionário como presidente de uma das maiores potências do mundo tem assustado muitas pessoas. O Papa Francisco acredita que Trump tornará realidade seus planos de deportar imigrantes ilegais para os seus países de origem e de construir entre dois países um muro nunca visto antes na história da humanidade. A última profecia do nosso Papa fala sobre o rumo que o mundo está seguindo.

7. China

Durante décadas, os Estados Unidos e a Rússia vêm se esforçando para conseguir o título de mais poderoso país do mundo. No entanto, tem um terceiro país nesta corrida que, embora esteja um pouco escondido na sombra dessas duas potências mundiais, já decidiu assumir o comando assim que surgir a oportunidade certa. Não só em 2017 como também nos anos seguintes, a China vai caminhar para a posição da principal potência mundial depois de superar os problemas que possui com seus dois adversários. Sua ordem rigorosa será um exemplo a seguir por países em desenvolvimento e sua influência nos países já desenvolvidos será determinante.

Conclusão:
Não é de se admirar que a Igreja não queira revelar essas profecias. Parece que o mundo está seguindo um rumo cheio de questionamentos e incertezas. É possível parar este processo, especialmente aqueles eventos que levam à morte de muitos inocentes? Não importa o que digam, nós ainda acreditamos em um futuro melhor.

Da redação com Para os curiosos

Postar um comentário